Cravos e espinhas podem surgir em qualquer momento da vida, embora sejam mais comuns durante a adolescência e nos primeiros anos da idade adulta. Sabemos que as acnes aparecem com mais força nas peles oleosas, por isso é tão importante usar os produtos adequados para cada tipo de rosto. Conheça os 10 alimentos que ajudam nas espinhas.

Aqui iremos apresentar 10 alimentos que ajudam nas espinhas e deixam a pele mais bonita. Não quer dizer que pelo simples fato de consumi-los já estará livre desta condição, mas são alternativas interessantes, que deixam o organismo mais resistente e preparado para enfrentar esta condição comum. Ou seja, manter hábitos alimentares saudáveis, reduz as chances do surgimento de espinhas. 

As acnes causam pavor em muitas mulheres, então só de saber que existem alimentos que ajudam nas espinhas muitas delas já ficam contentes. Ao longo do texto falaremos ainda sobre alguns produtos que fazem mal para a pele e prejudicam neste sentido, dando mais força para os cravos aparecerem.

O que são espinhas?

Não é todo mundo que sabe, mas as espinhas podem começar sua formação meses antes de aparecerem no rosto ou em outras partes do corpo. De modo geral, as acnes surgem como cravos, mas quando passam por um processo que gera infecção, causando bactérias, então as espinhas são formadas.

As espinhas costumam surgir durante a adolescência, em uma época da vida que o corpo passa por muitas transformações, podemos dizer que o auge é entre 12 e 18 anos. Ainda assim, acnes podem aparecer em outras épocas de nossa vida, até mesmo depois dos 21 anos. Até mesmo mulheres com mais de 30 anos podem continuar apresentando esta condição.

O surgimento das espinhas depende das glândulas sebáceas, que não está presente nos pés e nas mãos, até por isso nestas partes do corpo acnes não aparecem. Como o nome já diz, as glândulas sebáceas são responsáveis pelo sebo, que causa a oleosidade do corpo e quando os poros são entupidos, então é comum que os cravos apareçam.

Em relação ao tratamento, ele pode ser feito de diferentes maneiras, sendo que é melhor prevenir do que aguardar o seu aparecimento. Neste sentido, é interessante destacar a limpeza do rosto usando um sabonete neutro e evitando espremer cravos assim que aparecem. Também não podemos deixar de falar sobre os alimentos, que podem ser aliados neste procedimento.

1 – Beba muita água

Beba muita água

Certamente você já ouviu aquele papo de que é indicado consumir 2 litros de água por dia, ainda mais no verão, algo que será importante para manter a pele hidratada e forte. Só que ainda assim, muitas pessoas não seguem esta recomendação e bebem água apenas quando estão com sede, o que não é certo.

Comece a cuidar, quantas vezes você se levanta do sofá ou da cadeira para tomar um copo deste líquido, passe a fazer isso mais vezes e os resultados serão interessantes para sua pele. Essa bebida natural ajudará a diminuir a oleosidade excessiva e melhorará a aparência da cútis.

2 – Melancia

Melancia

Se você não consome muitas frutas ou se faz isso, não pode deixar de ter a melancia no seu cardápio. Seja para comer in natura ou então para aplicar na pele, será ótima para o tratamento de espinhas. Isso acontece porque ela tem a capacidade de hidratar e serve para recuperar a luminosidade da pele, além de sua maciez.

É um dos 10 alimentos que ajudam nas espinhas, já que boa parte de sua composição é água, então mulheres que sofrem com a pele sensível ou oleosa, podem adicionar o consumo desta fruta. Uma alternativa interessante para eliminar as toxinas é fazendo uma máscara à base de melancia.

3 – Cenoura

Cenoura para Acnes

A cenoura é consumida geralmente com mais frequência durante o verão, por mulheres que querem ter a pele bronzeada, já que ela conta com a capacidade de deixar o corpo dourado e com uma dor uniforme. Mas, não é só isso, este alimento possui betacaroteno, que serve para ação anti-inflamatória, ajudando a melhorar os aspectos da acne.

Dermatologistas indicam que o seu consumo serve ainda para diminuir a quantidade de sebo produzido pelas glândulas sebáceas, deixando a pele menos oleosa e assim dificultando o aparecimento de acnes. A cenoura conta com vitamina A e substâncias conhecidas por rodoxinas, que são ótimas para a recomposição celular.

4 – Peixes

Malidate Van

Os peixes são ótimos para auxiliar no tratamento natural contra as espinhas, impedindo que surjam com tanta frequência. Eles contam com ômega-3, um ácido graxo que serve para combater inflamações. Assim, além de ser um alimento nutritivo e deliciosos, os peixes ajudam contra acnes.

Podemos destacar que o salmão é o melhor dos exemplos, já que é riquíssimo em ômega-3, além de ômega-6 DGLA, que são substâncias eficazes contra bactérias que causam espinhas, como a Propionibacterium acnes. Além disso, existem algumas algas que podem ser incluídas no tratamento.

5 – Goji Berry

goji, goji berry, berries

Goji berry é uma fruta que possui características anti-inflamatórias, antienvelhecimento e protetoras. Já foram realizadas pesquisas indicando que o consumo desta fruta serve para reduzir inflamações ligadas aos cravos e as espinhas, já que possui antioxidante como destaque em sua composição.

Ela possui vitamina A, que serve para a recomposição celular, atuando como antioxidante, e também conta com selênio, que não é específico para o tratamento de espinhas, mas que ajuda a pele do corpo inteiro. O consumo de goji berry pode ajudar ainda a hidratar a pele e impedir que ela fique flácida antes do tempo.

6 – Abacates, Fontes de Vitaminas

Abacate

O abacate é uma das frutas mais utilizadas para a fabricação de receitas caseiras para a pele, já que conta com diversas propriedades interessantes, que são capazes de ajudar na saúde dos tecidos. Sua composição é fonte de vitamina E e fonte de vitamina C, que servem para proteger a pele contra a ação de radicais livres.

Essa fruta serve para aumentar a produção de colágeno, já que a vitamina C serve para turbinar esta substância tão importante para manter o corpo saudável, fundamental para garantir a elasticidade e firmeza.

7 – Laranja

laranja

A laranja é conhecida por ser uma rica fonte de vitamina C, tão importante para a saúde do nosso corpo. Ela possui ação adstringente, servindo para auxiliar no aumento da produção de colágeno e rejuvenescer a pele. É ainda forte em antioxidantes e fibras, aparecendo entre os 10 alimentos que ajudam nas espinhas.

A vitamina C é uma das mais importantes para o nosso organismo, já que ela é a responsável por proteger a pele contra as ações do sol, como os raios ultravioletas. Seu efeito se torna maior quando o consumo é feito diariamente, assim o corpo fica mais resistente e as acnes devem diminuir.

8 – Figo

Figo

O figo aparece entre os alimentos que ajuda a diminuir as inflamações da pele, já que em sua composição existem vitaminas B e C, além de fósforo, potássio, cálcio e ômega-3. Não confunda a fruta figo com aquele tipo de carne conhecido como fígado, odiado por muitas pessoas.

As cascas de figo possuem uma enzima ativa que pode atuar como um esfoliante para limpar a pele e o que sobrou de células mortas, é só limpar as cascas e passar na pele, usando a sua parte interior. Ou seja, o figo além de contribuir in natura, ainda tem outras aplicações.

9 – Nozes

Nozes

Já chegando ao final da nossa lista com 10 alimentos que ajudam nas espinhas, precisamos falar sobre as nozes. Esse é um tipo de alimento que possui propriedades antioxidantes, possuindo vitamina E em sua composição, ajudando a neutralizar às atividades dos radicais livres, que causam inflamação na pele.

As nozes contam também com propriedades como zinco, magnésio, potássio e fontes de vitaminas do complexo B. Se você quer diminuir a quantidade de espinhas no seu corpo, uma boa dica é começar a comer pelo menos cinco nozes a cada dia.

10 – Castanha do Pará

Castanha do Pará

A castanha-do-pará é uma semente que possui zinco e selênio, por isso, atua como antioxidante, ajudando no processo de cicatrização, impedindo que bactérias causadoras de acnes se desenvolvam no corpo. O recomendado é consumir duas ou três unidades do alimento por dia, sem exagerar para evitar efeitos colaterais.

Ela faz parte do mesmo grupo das nozes, junto com as amêndoas e outras oleaginosas. Conta com gorduras boas, minerais e fitoquímicos em sua composição, sendo de ótimo valor nutritivo. Conta com flavonoides, que são ótimos para ajudar a melhorar a saúde da pele, além de esqualeno e fitoesteróis.

Bônus: evite estes alimentos

Alimentos prejudiciais para pele

Se existem alimentos que ajudam nas espinhas, diminuindo a sua incidência, tem outros que prejudicam a pele e contribuem para o aparecimento das acnes ou até mesmo em alguns casos, causam espinhas. São alimentos populares ou sobremesas, que aparecem na mesa do brasileiro todos os dias e que possuem um alto índice de gordura saturada. Confira:

  • Chocolate;
  • Pizzas;
  • Bolachas;
  • Pães;
  • Batata frita;
  • Salsicha, linguiça e presunto temperados;
  • Derivados do leite.

Não é preciso cortar o consumo de todos eles, mas é interessante fazer isso de uma maneira consciente, sabendo que são alimentos que causam acne e cheios de gordura saturada.

Gostou do artigo sobre acnes?

Agora que você aprendeu quais são os melhores alimentos que ajudam nas espinhas, é só começar a consumi-los. E esse ainda ficou com alguma dúvida relaciona às acnes, aqui no blog temos diversos posts voltados para este assunto. Além disso, temos outros artigos que falam sobre como manter a pele hidratada, mais saudável, e além de manter a pele mais bonita. Leia aqui.

Quer aprender mais sobre Skin Care ou ver as últimas noticias do mundo da beleza? Então, me siga no Instagram.