Amendoim dá espinhas

Amendoim dá espinhas

14/6/2022

A acne é uma das condições dermatológicas mais conhecidas entre os adolescentes, a qual afeta também pessoas adultas. Causada normalmente por alterações hormonais em nosso organismo, ela carrega uma série de mitos em dúvidas em relação ao que pode proporcioná-la. Mas, afinal de contas, comer amendoim dá espinhas?

O fato é que, no imaginário popular, os cravos e espinhas estão muito atribuídos à fase da adolescência. Realmente não teria como ser diferente, visto que mais de 90% das pessoas dessa faixa etária sofrem com a condição dermatológica, a qual pode se manifestar em quatro graus de incidência, sendo o último o mais problemático.

Além disso, normalmente, é nessa fase da vida em que costumamos comer uma maior quantidade de besteiras, as quais podem ser realmente causadoras de acne. Acontece que muitos alimentos acabaram caindo no mesmo balaio, de possíveis responsáveis por essa condição dermatológica. Mas será que são mesmo?

Neste artigo, você irá entender de uma vez por todas se amendoim dá espinhas ou não, uma dúvida muito antiga entre as pessoas que lidam com essa condição. Além disso, falaremos um pouco mais sobre a acne, as suas principais características, e como que esse alimento realmente pode afetar a nossa pele.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

Antes de saber se amendoim dá espinhas, entenda o que é a acne

Antes mesmo de saber se comer amendoim dá espinhas, é importante que você saiba o que é exatamente a acne. Afinal de contas, estamos falando de uma condição dermatológica que não se limita apenas aos adolescentes, visto que também afeta mais de 50% da população de jovens adultos.

Saiba que a acne é nada mais nada menos do que uma lesão causada pela produção excessiva de oleosidade por parte das glândulas sebáceas. Quando isso acontece, o nosso organismo não dá conta de filtrar o excesso de sebo, o qual acaba obstruindo os poros presentes em nossa pele.

A obstrução dos poros, por sua vez, leva ao acúmulo de sujeiras, poluição e à proliferação de bactérias. É justamente a incidência da Propionibacterium acne nesse local que leva a inflamação do mesmo e, posteriormente, o surgimento de espinhas, caracterizadas pelo inchaço, vermelhidão e pela ponta amarelada ao centro.

O fato é que os cravos e espinhas são decorrentes principalmente de alterações hormonais em nosso organismo. Acontece que essas mudanças podem acontecer por causa dos mais diversos fatores como, por exemplo, questões psicológicas, doenças específicas ou, até mesmo, a ingestão de determinados alimentos.

Confira um pouco mais sobre o debate em torno da dúvida de que amendoim dá espinhas:

1.    Um alimento pode causar espinhas?

É bastante provável que você já tenha ouvido de um adulto, seja mãe, avó ou parente, de que não deve comer muita besteira para sofrer com cravos e espinhas, não é mesmo? Pois é, essa afirmação acabou sendo estendida a alguns alimentos específicos como o chocolate e, para muitos, o próprio amendoim.

No entanto, será que um alimento pode realmente ser causador da incidência de cravos e espinhas na pele? A resposta para essa pergunta é sim e não, ao mesmo tempo. Isso porque alimentos por si só não podem provocar a acne, mas sim causar alterações em nosso organismo, as quais resultam em uma piora ou surgimento da condição.

Um exemplo são as comidas ricas em proteínas refinadas, as quais resultam em um aumento do açúcar no sangue e, consequentemente, no aumento do nível de insulina para o transporte do açúcar. Dessa forma, os hormônios passam por uma certa alteração que resulta no excesso de sebo e, consequentemente, na obstrução dos poros.

Sendo assim, existe de fato uma série de alimentos que devem ser evitados ao máximo por aqueles que sofrem ou não querem sofrer com cravos e espinhas. Acontece que, no entorno dessa condição dermatológica, existem muitos mitos e dúvidas ainda não comprovadas. Sendo assim, será mesmo que amendoim dá espinhas?

VEJA AINDA: Espinhas na cabeça: Sintomas e tratamentos

2.    Mas afinal de contas, o amendoim dá espinhas?

O fato é que a dúvida “amendoim dá espinhas” não é necessariamente tão fácil de ser respondida. Isso porque, como já citamos anteriormente, nenhum alimento por si só é capaz de resultar em todo o processo de surgimento da acne, o qual vai desde a obstrução dos poros até a inflamação e erupção da pele.

No entanto, o fato é que o amendoim é um alimento que é rico em gorduras, com cerca de 45% a 50% de lipídios para cada grão. E é justamente esse um dos principais motivos de que essa comida em alguns casos é atribuída ao surgimento de cravos e espinhas, visto que o excesso de gordura pode ser prejudicial para a pele.

A ingestão excessiva de gordura pode resultar em uma maior produção de sebo por parte das nossas glândulas sebáceas. Como já vimos, isso acaba levando a obstrução dos poros da pele que, quando acometidos pela proliferação de bactérias, podem inflamar -  e então surgem as tão temidas espinhas.

Sendo assim, o fato é que, de certa forma, o amendoim pode assim contribuir para o surgimento de cravos e espinhas. Isso justamente por conta da grande quantidade de gordura presente em cada grão. No entanto, saiba que ele por si só não é suficiente para a incidência da acne. Existem outros fatores também.

3.    Preciso evitar amendoins para sempre?

Agora que você já sabe que não necessariamente o amendoim dá espinhas, mas sim que pode contribuir para o surgimento da acne, talvez esteja se perguntando: será que preciso evitar o alimento para sempre. A grande maioria das pessoas que ouve falar nisso acaba logo partindo para um extremo, no sentido de achar que nunca mais poderá comer o grão.

No entanto, saiba que, por mais que o amendoim seja um alimento que conte com uma certa quantidade de gordura em sua composição, você pode continuar comendo-o. Não é possível abrir mão de uma vez por todas e nunca mais chegar perto deste grão tão delicioso para manter a pele completamente saudável.

O que, no entanto, não se deve fazer, é comer amendoim em grandes quantidades ao longo dos dias. Isso porque, de fato, a ingestão excessiva deste alimento realmente pode levar a uma maior produção de sebo por parte das glândulas sebáceas e, consequentemente, a obstrução dos poros.

A ingestão moderada do alimento, cerca de 20 gramas por semana, pode ser até benéfica para o seu organismo. Afinal de contas, a semente do amendoim é um dos alimentos mais completos em termos de nutrientes, visto que conta não somente com lípidos como, também, vitaminas, sais minerais, carboidratos e proteínas.

4.    Evite comer manteiga de amendoim

Se o amendoim por si só não é necessariamente suficiente para a incidência de acne, o mesmo não se pode dizer da manteiga de amendoim. Este alimento de fato pode provocar mudanças um pouco mais negativas em nosso organismo quando o assunto é surgimento de cravos e espinhas.

Mas, afinal de contas, a manteiga de amendoim dá espinhas? Para responder essa pergunta, você precisa entender um pouco mais a composição deste alimento que, apesar de não ser tão comum na mesa dos brasileiros, está disponível em prateleiras de supermercado e é bem gostoso.

A manteiga de amendoim conta com substâncias tóxicas chamadas de micotoxinas, as quais de fato estão associadas à acne. Elas são como uma espécie de mofo que cresce em algumas específicas culturas de alimento e, de maneira geral, amarante durante todo o processo de transporte do mesmo.

Além disso, a manteiga de amendoim é um alimento conhecido por ser relativamente gorduroso. Sendo assim, a sua ingestão em excesso, como já vimos anteriormente, pode realmente levar a uma maior produção de sebo por parte do organismo e, consequentemente, ao surgimento de cravos e espinhas.

VOCÊ VAI GOSTAR: Espinhas no rosto: Causas e Como tratar

5.    E como fica o amendoim doce?

Todo mundo sabe que não existe somente um tipo de amendoim. Basta verificar as prateleiras dos supermercados para encontrar uma grande variedade destes alimentos, desde a sua versão em manteiga, triturado, e tradicional, até os famosos e saborosos amendoins japoneses.

Mas, afinal de contas, como fica o amendoim doce? Esse amendoim dá espinhas? De fato, essa versão do alimento pode ser prejudicial para a saúde da nossa pele de uma maneira geral, justamente por conta dos açúcares e carboidratos simples que são utilizados nessas receitas para uma melhora do gosto e textura.

Isso porque esses ingredientes possuem um índice glicêmico muito alto, sendo capazes de provocar um aumento considerável dos níveis de açúcar e insulina no sangue. E essa mudança e aumento dos níveis acaba por proporcionar, também, uma maior produção dos hormônios androgênios por parte do nosso organismo.

Essa alteração hormonal, sobretudo da produção de androgênios, resulta em uma maior produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Como já vimos anteriormente, esse processo é peça chave para a obstrução dos poros e, consequentemente, a inflamação por conta da proliferação de bactérias no local - levando ao surgimento da acne.

6.    O amendoim em excesso é só uma parte do problema

Agora que você já sabe a forma como o amendoim dá espinhas, e os tipos mais prejudiciais para a saúde da pele, precisa entender que esse alimento em excesso é só uma parte do problema. Isso porque não dá para resumir a incidência da acne na ingestão de somente um tipo de comida, mesmo que essa seja rica em gordura.

O fato é que a nossa alimentação como um todo ajuda a definir o surgimento ou não de cravos e espinhas. Quanto mais alimentos açucarados e gordurosos consumimos ao longo do dia-a-dia, maior serão as chances de sofrermos com alterações hormonais que levam a formação da acne.

Sendo assim, é importante manter uma alimentação saudável, baseada em alimentos que não contribuem de maneira alguma para o surgimento dessas lesões. Dessa forma, é possível equilibrar com o consumo consciente e não excessivo de comidas como o chocolate ou, até mesmo, o próprio amendoim.

Vale ressaltar que a alimentação não é a única possível responsável pelo surgimento de cravos e espinhas. Questões psicológicas como o estresse, por exemplo, também podem provocar alterações hormonais em nosso organismo e resultar nessa condição. Há ainda outros fatores, como mau cuidado com a pele, ou até mesmo doenças específicas.

7.    O excesso de amendoim dá espinhas, mas procure um médico antes de culpá-lo

De fato o excesso de amendoim dá espinhas, ou pelo menos pode contribuir para o surgimento da acne. No entanto, é essencial que você procure um médico especialista antes de definir, por conta própria, de que é o alimento o principal culpado pela incidência de erupções em sua pele.

Como já citado anteriormente, existem uma série de fatores que podem contribuir diretamente para o surgimento dessa condição dermatológica. Por mais que uma má alimentação, como a ingestão exagerada de amendoim, por exemplo, seja uma delas, acaba não sendo a única.

Dessa forma, é importante procurar uma avaliação com um médico dermatologista para entender um pouco melhor sobre os motivadores da acne no seu caso. Em algumas situações, você pode ser alérgico a amendoim e ter como uma das reações justamente o surgimento de erupções na pele.

De toda forma, é extremamente importante contar com uma orientação médica para entender o problema dos cravos e espinhas e buscar um tratamento adequado. Até porque, como já citado anteriormente, existem quatro diferentes graus de incidência da acne - e o último é bastante doloroso e forte.

VEJA TAMBÉM: 10 alimentos que causam espinhas

Se o amendoim dá espinhas, maneire no consumo

Se o problema é que amendoim dá espinhas, podendo piorar ou contribuir para essa condição dermatológica, a solução é maneirar no consumo. Como já citado anteriormente, não é preciso abandonar de uma vez por todas o alimento, visto que em quantidades controladas ele pode até mesmo ser benéfico para o nosso organismo.

No entanto, é importante buscar as versões mais saudáveis, ou menos prejudiciais, para a saúde da nossa pele. O amendoim tradicional é aquele que, por mais que possua grandes porcentagens de gordura no grão, ainda assim conta com nutrientes importantes e que podem ser aproveitados para questões de saúde.

Sendo assim, para fugir de cravos e espinhas você não precisa necessariamente fugir do amendoim ou de outros alimentos como o próprio chocolate. Basta não comê-los em excesso.

Quer descontos exclusivos em cosméticos?
Acesse nossa plataforma de cupom e resgate seu desconto hoje mesmo! É de graça.
resgatar meus descontos