Biotina engorda

Biotina engorda

25/4/2022

Não é exagero algum afirmar que nós estamos vivendo a época das soluções farmacêuticas de produtos naturais. São muitas as vitaminas e substâncias em cápsula vendidas justamente com o intuito de proporcionar uma maior saúde para o nosso organismo. Mas, afinal de contas, será que a biotina engorda?

Se você já foi em uma farmácia em busca de cápsulas voltadas para a saúde de uma maneira geral, certamente já se deparou com produtos de biotina. São muitos os benefícios desse tipo de vitamina que, aos poucos, vem se tornando cada vez mais desejado por pessoas que se preocupam em levar uma vida saudável.

No entanto, sempre que um desses tipos de produtos surge no mercado, é comum o aparecimento de dúvidas em relação ao seu uso. Afinal de contas, com tantos benefícios proporcionados, será que existe alguma contraindicação ou até mesmo efeito colateral para esse tipo de vitamina, no fim das contas?

Neste artigo, você irá saber de uma vez por todas se a biotina engorda ou ajuda no processo de emagrecimento. Além disso, falaremos também das principais características e propriedades desse tipo de vitamina em cápsulas, assim como os reais benefícios que o seu uso pode trazer para a nossa saúde de uma maneira geral.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

Antes de saber se a biotina engorda, entenda o que ela é

Antes mesmo de saber se a biotina engorda ou ajuda no processo de emagrecimento, é importante que você entenda o que ela é. Afinal de contas, estamos falando de um produto que está sendo cada vez mais visto nas prateleiras de farmácias e lojas especializadas, para a promoção da saúde de diferentes maneiras.

O fato é que a biotina é nada mais nada menos do que uma vitamina do complexo B, também conhecida como vitamina H ou vitamina B7. Trata-se de uma substância tida como essencial para o nosso corpo, visto a grande quantidade de benefícios proporcionados não apenas para o cabelo como também para outros diferentes tecidos.

De alguns anos para cá, a biotina começou a ser ainda mais conhecida por conta do seu uso para alguns tipos de tratamentos capilares. Muitas empresas decidiram investir na fabricação de cápsulas da vitamina H com o intuito de promover soluções para os mais diferentes tipos de problemas envolvendo tecidos do corpo.

A biotina é encontrada em alguns alimentos específicos e, facilmente, em alguns tipos de suplementos na farmácia. Acontece que, assim como todas as soluções de vitaminas em cápsulas que surgem e se popularizaram, ela veio acompanhada também de muitas dúvidas por parte dos consumidores - as quais tentaremos esclarecer aqui.

Confira mais informações sobre a biotina e entenda os seus benefícios:

1.    O que exatamente é a biotina?

“A biotina engorda”. “A biotina emagrece”. “A biotina salvou a minha vida”. “A biotina não tem muitos efeitos”. Quem costuma estar atento a produtos cosméticos e soluções em saúde de uma maneira geral certamente já ouviu alguma dessas frases quando o assunto em questão é a biotina.

No entanto, é preciso entender exatamente o que ela é, ou seja, uma das vitaminas que ajuda no metabolismo de proteínas, gorduras e até mesmo carboidratos do nosso corpo. Essa vitamina do complexo B é tida como essencial para as chamadas carboxilases, enzimas que atuam na quebra de macronutrientes para a transformação em energia.

Por ser um tipo de vitamina hidrossolúvel, ou seja, solúvel em água, a melhor forma de obter a biotina é por meio de alimentos. Existem alguns alimentos específicos que são ricos no nutriente e, ao invés do que muitas pessoas podem pensar, não são nem um pouco difíceis de serem encontrados no mercado.

Além disso, vale ressaltar que a biotina também pode ser ingerida por meio de suplementos ou em cápsulas, por exemplo. Nesses casos, serve justamente para potencializar os benefícios da vitamina do complexo B em nosso corpo, trazendo efeitos positivos para os tecidos comuns.

VEJA AINDA: Biotina para Cabelo

2.    E para que serve a biotina?

Antes de entrar no debate se a biotina engorda ou não, é importante entender um pouco mais sobre o seu uso. Afinal de contas, estamos falando de um tipo de vitamina do complexo B que tem efeitos bastante positivos para os tecidos de uma maneira geral, mas sobretudo para a pele.

As pessoas costumam consumir biotina justamente por conta da saúde que a vitamina traz para a nossa pele. Isso porque ela garante não apenas a formação de colágeno como, também, queratina, duas proteínas que são extremamente importantes para a promoção de resistência e elasticidade da pele.

Vale ressaltar que os benefícios da biotina não param por aí, visto que ela também é utilizada por pessoas que buscam mais saúde para as unhas e cabelos. Inclusive, é bastante comum encontrar em farmácias a vitamina sendo vendida em cápsulas para a promoção de benefícios para esses tecidos.

A saúde proporcionada às unhas e cabelos pela biotina se deve ao fato de que a vitamina ajuda a manter a produção de proteínas essenciais para os tecidos. Sendo assim, pessoas que sofrem com problemas de unhas fracas ou fios quebradiços, por exemplo, podem recorrer aos alimentos e suplementos com a substância.

3.    Os benefícios diretos da biotina

Agora que você já sabe que a biotina é importante para a saúde dos tecidos de uma maneira geral, talvez esteja se perguntando dos benefícios diretos dessa vitamina, não é mesmo? Pois é, podemos começar dizendo que a biotina auxilia e muito no crescimento dos cabelos, evitando a queda de fios, por exemplo.

Além disso, a biotina também contribui para o fortalecimento das unhas, evitando que elas se tornem fracas e quebradiças. É justamente por isso que, na venda desse tipo de vitamina em cápsulas, você poderá ver o desenho de unhas, por exemplo, na embalagem - dado os benefícios proporcionados ao tecido.

Vale ressaltar que a vitamina B7 também contribui para uma maior resistência da pele, dificultando, então, o aparecimento de erupções como cravos e espinhas. Ela também ajuda para o controle da diabetes, justamente por conta da ação de quebra e absorção da glicose para transformação em energia.

É importante destacar que a biotina também possui uma grande contribuição para o nosso sistema nervoso central. Além disso, a vitamina também é responsável por ajudar a controlar os níveis de colesterol do corpo e as deficiências nutricionais existentes em períodos de gravidez e amamentação, por exemplo.

4.    Mas afinal de contas, a biotina engorda ou não?

Chegou a hora de tirar o elefante branco da sala e responder a pergunta que não quer calar: afinal de contas, a biotina engorda ou não? Essa é uma preocupação e um receio real por parte de muitas pessoas que desejam consumir a vitamina para a saúde dos tecidos, mas têm dúvidas em relação aos seus efeitos.

Mas pode ficar tranquila, se o seu medo é ganhar uns quilinhos a mais com a ingestão da vitamina, saiba que a biotina não engorda. Na verdade, o efeito é justamente o contrário, visto que ela pode ajudar no emagrecimento, por conta de sua influência no processo de metabolismo do nosso corpo.

Isso se deve ao fato de que a biotina participa diretamente da quebra de alimentos para transformá-los em energia em nosso organismo, o que interfere no metabolismo. A vitamina contribui para a absorção e digestão dos nutrientes, auxiliando no processo de limpeza de inflamação que é causado pelo excesso de gordura em nosso corpo.

Sendo assim, a biotina não apenas ajuda no metabolismo como também proporciona maior energia para a prática de atividades físicas, por exemplo. Dessa forma, ela acaba influenciando de maneira indireta no emagrecimento, além de não possuir quantidades significativas de caloria.

5.    Efeitos colaterais

A informação de que biotina engorda já foi desmentida, mas isso não significa que a ingestão de vitamina não conte com alguns efeitos colaterais. Isso porque a vitamina B7 pode sim estar associada a alguns efeitos como, por exemplo, desconforto gastrointestinal e até mesmo irritações na pele.

No entanto, vale ressaltar que esses problemas geralmente são decorrentes de uma suplementação exagerada da biotina. Afinal de contas, não é segredo para ninguém que até mesmo as substâncias mais benéficas podem causar incômodos quando ingeridas em excesso, não é mesmo?

Além disso, é importante destacar que efeitos colaterais como os citados anteriormente, ligados à biotina, são bastante raros de acontecer. Isso porque a ingestão comum de alimentos ricos na vitamina não é suficiente para causar incômodos, trazendo, na verdade, muitos benefícios.

VOCÊ VAI ADORAR: Tudo sobre suplementos com Biotina

“Biotina engorda” é um mito. Mas onde encontrá-la?

Agora que você já sabe que a famosa frase “biotina engorda” é um mito, talvez esteja se perguntando onde encontrá-la, não é mesmo? Pois é, saiba que muito provavelmente você já esteja ingerindo essa vitamina sem nem ao menos saber, por meio de alimentos que são bastante comuns no dia-a-dia de muitas pessoas.

Isso porque a biotina pode ser encontrada, por exemplo, em alimentos como ovo, banana e legumes de uma maneira geral. Estes estão presentes na mesa da grande maioria dos brasileiros, por serem geralmente mais acessíveis e encontrados em qualquer tipo de feira ou mercado de bairro.

Além disso, também é possível encontrar a biotina em oleaginosas, como amêndoa, amendoim, castanha de caju e nozes, grãos e cereais. Em suma, trata-se de um tipo de vitamina que, além de ser bastante importante para a saúde do nosso organismo, também é fácil de ser encontrado.

Vale ressaltar novamente que a biotina também pode ser encontrada por meio de suplementos e cápsulas em farmácias. Aliás, existem muitos produtos voltados para a saúde dos cabelos, pele e unhas, por exemplo, que tem como principal diferencial o uso da vitamina b7 em sua composição.

Por que tomar a suplementação de biotina?

O fato é que, na grande maioria das vezes, a suplementação de biotina é recomendada para pessoas com deficiências nutricionais. No entanto, qualquer pessoa que busca mais energia e saúde de uma maneira geral também pode fazer uso desse tipo de vitamina para como forma de impulso.

Agora que você já sabe que a biotina não engorda, pode ficar tranquilo em relação à ingestão da vitamina. A suplementação é muito utilizada por pessoas que buscam um maior rendimento nos exercícios físicos em combinação com uma alimentação saudável. No entanto, é importante que parta de uma indicação médica.

O consumo de qualquer tipo de suplemento deve ser feito por meio de uma prescrição e avaliação médica. Afinal de contas, somente um profissional capacitado poderá de fato avaliar se é necessário para o seu organismo um maior consumo da vitamina, dado os níveis atuais e o seu objetivo, por exemplo.

Vale ressaltar ainda que não existe um horário específico para se tomar biotina, seja por meio de cápsulas ou suplementos. No entanto, é indicado que a ingestão seja feita junto com alguma refeição, para fazer com que a vitamina seja melhor aproveitada pelo nosso organismo e, de quebra, evitar alguns desconfortos.

Quer descontos exclusivos em cosméticos?
Acesse nossa plataforma de cupom e resgate seu desconto hoje mesmo! É de graça.
resgatar meus descontos